O FALSO

O Falso…

O que seria ser falso no geral? Parece que vivemos em um mundo onde as razões e as diferenças de entendimentos não são vistas da mesma forma ou do mesmo ângulo.

O que mais nos afeta é a quem damos o bastão de mando, seja em qualquer profissão.

Seja o médico omisso e desumano, seja o policial bandido, seja o engenheiro irresponsável, a empregada sem confiança enfim é de fato muito difícil a compreensão de algo que deveria ser reto, justo e eficaz.

Vivemos em um país onde por diversas vezes somos pegos não de surpresa mas noticiado sobre desvio e verbas públicas (entenda-se nosso dinheiro) verbas essas cobradas muitas vezes de forma inescrupulosa retirada de nosso sustento, da boca de nossos filhos para sustento de crápulas malditos e vagabundos que se lixam para o povo.

Pessoas que deveriam por direito estarem livres de conceitos formados, no caso de juízes que mal sabem a lei e não estão nem ai para saber se estão ou não cometendo injustiças, como dizem:  “não é no deles que arde”. O Brasil tem por tradição a falsa ilusão de segurança onde todos acreditam apenas em Deus, jogando tudo em suas mãos quando na verdade está em nossas mãos o poder de ser ou de fazer ser diferente.

De que forma?

Esquecer de vez a chamada lei da vantagem, não criar seus filhos para um mundo de guerra e sim de convivência pacífica de amor incondicional de ajuda mútua.

Uma vida criada de sim e de sorriso parece uma utopia, mas é possível sim, bastando para tanto destruirmos todas as armas, todas as bandeiras e deixarmos livres todas as fronteiras.

Pensem nisso…

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Uma metamorfose humana do conhecer e aprender. Simples porém exigente. Bem sobre o autor desse blog, me parece ser um cara legal, gosta de conversar, dar pitacos aqui e acolá. Procuro ser o mais sincero que a vida me permite, adoro amizades, sou tímido acreditem também uma metamorfose ambulante como diria Raul. Adoro cozinhar, mas na escrita sou mesmo comilão, como acento, concordância verbal, minha gramática de fato anda bem mal, mas sou um cara legal. Tenho muito gosto em escrever o que me vem à mente ou o que me chega aos ouvidos e visão, sou um observador nato desde minha aparição. Aqui é um palco de teatro não se engane há muito de quem escreve e muito de fantasia, mas não há bilheteria, então sinta-se a vontade, puxe sua cadeira e sente, estou quase sempre presente, me enrolo muitas vezes nessa de seguir quem me segue, me perco nesse mundo danado de internet. Não sou esnobe, sou pessoa bem simples, gosto da natureza, da boa mesa, do bom papo, não tenho hora, não uso relógio para controlar meu tempo, a muito me deixei ser levado ao vento, ora furioso que me derruba e machuca, ora bondoso que me embala em doçura. Chamo-me Cláudio El-Jabel, também podem me chamar de Kambami ou Kael, adoro distribuir carinho sem intenção outra que não seja da amizade ser bela, ser amiga, ser sincera, entendo que nossa vida é algo muito rápido e nem sempre dá tempo de nos conhecermos melhor, mas essa é minha apresentação, muito prazer, eu não esqueço vocês, já os tenho em meu coração, sejam bem vindo então.
Esse post foi publicado em TEXTOS e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s